Anitta: A Trajetória que conquistou o Brasil e o Mundo. album-anitta

Anitta: A Trajetória que conquistou o Brasil e o Mundo

Anitta é uma das maiores artistas do Brasil e do mundo. Com sua voz poderosa, suas coreografias contagiantes e suas letras marcantes, ela conquistou milhões de fãs e se tornou a rainha do funk e do pop brasileiro.

Neste artigo, conheceremos um pouco mais sobre a sua história, a sua discografia, as suas músicas mais famosas e as suas curiosidades. Vamos lá?

De Larissa a Anitta: o Início da Carreira

Anitta nasceu como Larissa de Macedo Machado, no dia 30 de março de 1993, no Rio de Janeiro. Ela começou a cantar aos 8 anos, no coral de uma igreja católica, no bairro de Honório Gurgel.

Ela se formou em um curso técnico de administração aos 16 anos e a Vale a chamou para trabalhar. Mas ela não desistiu do seu sonho de ser cantora. O produtor musical DJ Batutinha a descobriu em 2010, depois que ela postou um vídeo no YouTube, e a levou para a gravadora Furacão 2000.

Foi lá que ela adotou o nome artístico de Anitta, inspirado na personagem da novela Presença de Anita.

Em 2012, ela lançou a música “Meiga e Abusada”, que fez sucesso nas rádios e na internet. No ano seguinte, ela assinou um contrato com a Warner Music Brasil e lançou o seu primeiro álbum de estúdio, chamado Anitta.

O álbum foi um sucesso de vendas e de crítica, recebendo certificado de ouro e de platina pela ABPD. O álbum gerou quatro singles, entre eles “Show das Poderosas”, a música mais executada nas rádios em 2013 e o vídeo mais visto no YouTube.

A Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) elegeu Anitta como a revelação do ano em 2013. Ela também ganhou o seu primeiro prêmio MTV Europe Music Awards, na categoria de Melhor Artista Brasileiro.

Os Álbuns Ritmo Perfeito e Bang: a Consagração no Pop

Em 2014, Anitta lançou o seu segundo álbum de estúdio, chamado Ritmo Perfeito. O público e a crítica receberam bem o álbum, que vendeu mais de 45 mil cópias e foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum em Língua Portuguesa.

O álbum contou com cinco singles, entre eles “Blá Blá Blá”, “Na Batida” e “Ritmo Perfeito”. Nesse mesmo ano, Anitta também lançou o seu primeiro álbum ao vivo, chamado Meu Lugar, que registrou o seu show no HSBC Arena.

O álbum teve como destaque a música “Zen”, que foi a segunda música mais executada nas rádios brasileiras em 2014. Ele rendeu a Anitta o seu segundo prêmio MTV Europe Music Awards, na mesma categoria do ano anterior.

Em 2015, Anitta lançou o seu terceiro álbum de estúdio, chamado Bang. O lançamento foi o seu maior sucesso até então, vendendo mais de 300 mil cópias e sendo certificado como platina pela ABPD.

A crítica elogiou o álbum, destacando a sua diversidade de ritmos e influências, que iam do pop ao funk, passando pelo reggae, pelo rap e pelo R&B.

A capa d álbum teve uma ilustração feita pelo renomado artista plástico Romero Britto, que também criou o logotipo da Anitta. O álbum gerou quatro singles, entre eles “Deixa Ele Sofrer”, “Bang” e “Essa Mina é Louca”.

Anitta recebeu o seu terceiro prêmio MTV Europe Music Awards, na mesma categoria dos anos anteriores, e o Grammy Latino indicou o seu álbum ao prêmio de Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa.

anitta-album-bang

A Expansão para a América Latina e o Mundo: as Parcerias Internacionais

Em 2016, Anitta começou a expandir o seu sucesso para a América Latina. Nesse ano, ela participou de um remix da música “Ginza”, do cantor colombiano J Balvin, que foi um dos maiores hits latinos daquele ano.

Ela também lançou o single “Sim ou Não”, em parceria com o cantor colombiano Maluma, que foi um sucesso no Brasil e em vários países da América Latina.

Anitta ganhou o seu quarto prêmio MTV Europe Music Awards, na categoria de Melhor Artista Brasileiro, e também foi indicada ao prêmio de Melhor Artista Latino.

Em 2017, Anitta iniciou um projeto chamado CheckMate, no qual ela lançou uma música e um clipe por mês, em português, espanhol ou inglês.

O projeto teve como objetivo divulgar o seu trabalho no mercado internacional e contou com a participação de artistas como Alesso, J Balvin, Poo Bear e Maejor.

O projeto teve como destaques as músicas “Paradinha”, o seu primeiro single solo em espanhol, “Downtown”, uma parceria com J Balvin que entrou na lista das 50 músicas mais tocadas no mundo no Spotify.

“Vai Malandra”, uma parceria com MC Zaac, DJ Yuri Martins, Tropkillaz e Maejor, que foi um fenômeno no Brasil e no mundo, quebrando vários recordes de visualizações e de streams.

Anitta também participou de duas músicas de grande sucesso internacional: “Switch”, da rapper australiana Iggy Azalea, e “Sua Cara”, do grupo americano Major Lazer. Quem também participou de “Sua Cara”foi a drag queen brasileira Pabllo Vittar.

Anitta ganhou o seu quinto prêmio MTV Europe Music Awards, na categoria de Melhor Artista Brasileiro, e também foi indicada ao prêmio de Melhor Artista Latino.

Ela também ganhou o seu primeiro prêmio MTV Video Music Awards, na categoria de Melhor Clipe Latino, por “Downtown”.

Anitta-Album-Kisses

O Álbum Kisses e as Parcerias com Grandes Nomes da Música Mundial

Em 2019, Anitta lançou o seu quarto álbum de estúdio, chamado Kisses. O álbum foi o seu primeiro álbum trilíngue, com músicas em português, espanhol e inglês.

Ele foi aclamado pela crítica, que elogiou a sua versatilidade e a sua qualidade musical. O álbum foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Urbana. Foi o primeiro álbum de uma artista feminina brasileira a concorrer nessa categoria.

O disco contou com dez faixas, cada uma representando uma faceta diferente da personalidade da Anitta.

O álbum teve como singles “Terremoto”, uma parceria com o cantor brasileiro Kevinho, “Bola Rebola”, uma parceria com o cantor brasileiro Tropkillaz, o cantor colombiano J Balvin e a cantora brasileira MC Zaac, “Poquito”, uma parceria com o rapper americano Swae Lee, e “Faz Gostoso”, uma parceria com a rainha do pop, Madonna, que também convidou Anitta para participar de seu álbum Madame X.

Colaborações em 2019

Anitta participou de várias músicas de sucesso lançadas por artistas de renome mundial, como “R.I.P.”, da cantora mexicana Sofia Reyes e da rapper britânica Rita Ora, “Fuego”, do DJ francês DJ Snake e do cantor porto-riquenho Sean Paul, “Muito Calor”, do cantor porto-riquenho Ozuna, “Contatinho”, do cantor brasileiro Léo Santana, “Some Que Ele Vem Atrás”, da cantora brasileira Marília Mendonça, “Combatchy”, da cantora brasileira Lexa, da drag queen brasileira Luísa Sonza e da drag queen brasileira MC Rebecca, e “Me Gusta”, do cantor brasileiro Psirico.

Anitta também se apresentou em vários eventos importantes, como o Rock in Rio, o Coachella, o Lollapalooza Paris e o Outside Lands.

Colaborações em 2020

Em 2020, Anitta lançou alguns singles que anteciparam o seu quinto álbum de estúdio, chamado Girl from Rio. Ele é inspirado na sua cidade natal, o Rio de Janeiro, e mistura elementos do pop, do funk, do pagode e do trap.

O álbum conta com a participação de artistas como Cardi B, Myke Towers, DaBaby e Ryan Tedder. O álbum teve como singles “Rave de Favela”, uma parceria com o grupo brasileiro Major Lazer e o rapper brasileiro MC Lan, “Tócame”, uma parceria com o cantor porto-riquenho Arcangel e o cantor dominicano De La Ghetto, “Me Gusta”, uma parceria com a rapper americana Cardi B e o cantor porto-riquenho Myke Towers, e “Girl from Rio”, uma música que homenageia o Rio de Janeiro e que usa um sample da clássica “Garota de Ipanema”.

Anitta também participou de outras músicas de sucesso, como “Desce Pro Play (Pa Pa Pa)”, do cantor brasileiro MC Zaac e da cantora brasileira Tyga, “Paloma”, do cantor italiano Fred De Palma, e “Bellaquita Remix”, do cantor porto-riquenho Dalex.

Anitta também se apresentou em eventos como o Prêmio Multishow, o Latin Grammy e o American Music Awards.

Colaborações em 2021

Em 2021, Anitta lançou mais dois singles do seu álbum Girl from Rio. “Loco”, uma música em espanhol que fala sobre a sua loucura por alguém. “Mon Soleil”, uma parceria com o cantor francês Dadju, que fala sobre o seu amor pelo sol.

Anitta também participou de outras músicas, como “Mi Niña Remix”, do cantor porto-riquenho Wisin, do cantor colombiano Maluma, do cantor porto-riquenho Myke Towers e da cantora americana Anuel AA, e “I Love You Too”, do cantor americano Steve Aoki e do grupo coreano A.C.E..

Ela foi a primeira artista brasileira a se apresentar no talk show americano The Late Show with James Corden, onde cantou a sua música “Girl from Rio”.

Anitta é uma artista completa e talentosa, que não para de surpreender o mundo com a sua música. Sua incrível trajetória musical, repleta de hits contagiantes, mostra sua capacidade de cativar o público e deixar sua marca na indústria da música.

Seu estilo único e autêntico conquista fãs pelo mundo, inspirando uma legião de admiradores a seguirem seus passos.

Anitta é uma estrela brasileira que está brilhando no cenário internacional, mostrando ao mundo todo o poder da música brasileira. Espero que você tenha gostado do texto e que ele seja útil para o seu blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Pinterest
X
Email
WhatsApp